Buscar

Saiba como prescrever dietas hipercalóricas e hipocalórica com precisão.



Nutricionistas prescrevem dietas hipercalóricas e hipocalórica através do resultado de exame de Calorimetria



Uma dieta hipercalórica é o oposto de uma dieta hipocalórica, ou seja, vai consumir mais calorias do que aquelas que o teu corpo utiliza.



As dietas hipercalóricas são utilizadas para ganhar massa muscular, e para fazer a prescrição de uma dieta como essa, com bastante precisão, nutricionistas e endocrinologistas avaliam seus pacientes através do exame de Calorimetria Indireta.



A dieta hipocalórica significa um cardápio de baixas calorias. Assim, é utilizada por quem deseja perder peso de maneira mais rápida. Isso porque ela restringe a alimentação a um limite de calorias a serem consumidas durante determinado período, o que facilita a perda de peso.



Segundo esses profissionais de nutrição, muitos pacientes que buscam esse tipo de dieta acreditam que perder peso, muitas vezes, não é algo ligado a uma questão estética, algumas pessoas sentem essa necessidade a partir de um problema de saúde ou busca de qualidade de vida. Assim, muitos buscam métodos que sejam eficientes ao longo do processo, sendo um deles a dieta hipocalórica.



A opção consiste em uma restrição calórica rigorosa, utilizando receitas hipocalóricas, onde surge a importância de uma avaliação com precisão para que não prejudique a saúde.



Apesar de se tratar de uma alimentação mais restrita, é importante que ela atenda às necessidades nutricionais do seu organismo. Desse modo, o profissional de nutrição deve identificar quais são os alimentos que podem ser incluídos e os que precisam ser eliminados das refeições. Assim, é necessário priorizar a qualidade dos nutrientes para não prejudicar a saúde de seus pacientes.



A dieta hipocalórica pode ser um bom passo inicial para alcançar a motivação necessária para cuidar da própria saúde. Além disso, as mudanças provocadas pela dieta hipocalórica também são importantes para aqueles casos de saúde mais críticos. Ela realmente pode fazer a diferença na vida de uma pessoa que sofre com a obesidade.



Por fim, pessoas de diferentes idades devem passar pela dieta hipocalórica com especificações distintas. Cada organismo apresenta necessidades nutricionais únicas, demandando alimentos pontuais para supri-las. E é através do exame de Calorimetria Indireta que os profissionais de nutrição avaliam a taxa metabólica de seus pacientes para a prescrição dessa dieta.



A Calorimetria Indireta é um método de avaliação do metabolismo de repouso e da taxa de utilização dos substratos (carboidrato, proteína e gordura) para a geração de energia. Estes cálculos são feitos a partir do consumo de oxigênio e da produção de gás carbônico, obtidos por análise do ar inspirado e expirado pelos pulmões.



No de Calorimetria Indireta se analisa a Taxa Metabólica em Repouso, que o corpo gasta ao longo de um dia, incluindo a energia utilizada para manter suas funções vitais. Cada substrato energético consome diferentes quantidades de oxigênio e produz diferentes quantidades de gás carbônico, com isso é possível analisar o Quociente Respiratório (QR) e assim descobrir qual substrato está sendo preferencialmente oxidado utilizado naquele momento.



Além disso, com o QR, é possível analisar se a dieta atual está estocando energia (hipercalórica) ou queimando energia (hipocalórica). Para a realização desse exame, os profissionais de nutrição têm investido nos analisadores metabólicos. O aparelho realiza todas as medidas e assim, garante melhores resultados na prescrição do plano alimentar.



A nova geração de Analisadores Metabólicos da MDI Industrial apresenta um novo conceito em precisão de medidas metabólicas para resultados de alta performance nutricional. Um completo monitor metabólico para profissionais que acompanham a nutrição.




O HandyMET Fit é um equipamento destinado para os profissionais que precisam monitorar de forma precisa a TMB - Taxa Metabólica Basal de seus clientes.


O equipamento mede também o consumo de oxigênio e produção de gás carbônico em repouso, e através da medida do coeficiente respiratório, divide os substratos de lipídios e carboidratos que o indivíduo queima durante o dia.



Este modelo é perfeito para os profissionais que desejam melhorar a eficácia na prescrição de dietas e identificar algum problema de ordem metabólica de seus pacientes.



Ficou interessado e ainda tem dúvidas e quer saber mais sobre nosso analisadores, acesse handymet.com ou fale com um dos nossos consultores pelo whatsapp.




133 visualizações0 comentário